Os quartos, cozinha, sala e outros espaços da casa costumam refletir a personalidade das pessoas que os ocupam. Os objetos pessoais, móveis e utensílios tem relação com a memória e identidade de quem vive naquele local.

Com o passar dos anos a casa muda, assim como as pessoas vão mudando. Novas necessidades surgem e são necessárias algumas adaptações para garantir segurança e acessibilidade. É aí que o processo de organização e rotina se tornam grandes aliados dos maduros.

Colocar a casa em ordem ajuda a manter não apenas os itens nos seus devidos lugares, mas deixa a mente mais tranquila, reduzindo a ansiedade, irritabilidade e até evitando situações estressantes.  

E aqui vão algumas dicas para organizar sua casa:

  • Comece fazendo uma faxina nas suas coisas e retire o que não usa mais, o que não faz mais sentido guardar. Você pode doar para alguém da sua família e dar a essa pessoa a missão de zelar por aquele objeto ou você também pode doar; 
  • Feito isso, coloque os objetos que usa diariamente em locais visíveis, nem muito alto, nem muito baixo. Vale para utensílios, eletrodomésticos, alimentos e roupas; 
  • Mantenha esses objetos sempre no mesmo local; 
  • Facilite sua mobilidade. Retire ou mude a disposição de móveis ou adereços que dificultam a sua passagem, seja nos corredores, cozinha ou quarto. Sua caminhada pela casa deve ser fácil e ágil; 
  • Faça uma caixa de memórias com fotos e outros objetos que tenham valor afetivo;  
  • Defina sua rotina de horários diários. Hora de acordar, tomar café, tomar os remédios, almoçar, o momento do lazer, etc;
  • Caso você tome remédios diariamente, coloque-os em um organizador de remédios e deixe-o sempre à vista;
  • Para evitar que você tropece nos fios de TV, telefone e tantos outros, enrole-os em cabos organizadores de fios;
  • Cheque sua dispensa para averiguar a data de validade dos alimentos e se desfaça do que estiver vencido;   
  • Registre seus horários e afazeres, seja num caderno, telefone, bloco de notas ou mesmo num quadro de avisos que siga seu modelo mental. Se preferir, use figuras no lugar dos textos para descrever sua rotina. 

Essa organização vai facilitar o seu dia a dia e te deixar mais disposto. E se você precisar de ajuda para se organizar, fale com um parente ou amigo. Com certeza, fazer isso com outra pessoa pode ser uma atividade prazerosa. 

E não se esqueça de respeitar suas próprias vontades nesse processo. Você vai organizar o seu ambiente sim, mas é saudável que ele ainda tenha a sua personalidade, a sua cara para que você continue se sentindo à vontade na sua casa.