A psicóloga argentina Graciela Zarebski afirma que não é bem assim. Para além das vulnerabilidades físicas, ela diz que é preciso olhar e valorizar a Resiliência, uma força que muitas pessoas idosas têm e que ajuda a vivenciar momentos de incerteza com mais sabedoria.